Siga-me

sábado, 7 de dezembro de 2013

Povo de DEUS



Povo de DEUS
(Rio de Janeiro, 12/12/92)
De Marcelo Gesta

 

Com os olhos hoje, Posso contemplar ao meu redor
Uma divina estirpe
Que noutro lugar não há maior
Um povo escolhido
Que o amor de DEUS sabe de cór

Cantam homens, mulheres
Jovens e crianças
Louvando a DEUS com seus brados,
Palmas e danças
Segurando suas Bíblias
Como se fosse espadas e lanças
 
 
 
 

Seu aspecto é semelhante
A gente de guerra
O seu júbilo estremece
E enche os Céus e Terra
 
 
 

 
Glorificado o Rei
Que tem esta brilhante e majestosa Nação
Amada a grei
Que está diante de Sua poderosa mão
Abençoado eu hei
De viver como um forte cristão 
 
 
 
 

 
Impulsionado por ter
Na amada Sião
A formosa Jerusalém
Morada de bênção.