Siga-me

sábado, 11 de janeiro de 2014

O Agricultor - de Marcelo Gesta

O Agricultor
de Marcelo Gesta
(Nova Friburgo, 14/09/94)

Quero ver o que Deus me deu germinar
Quero acompanhar o brotar e o florescer
Quero regar a planta que vai frutificar
Quero ver minha missão amadurecer
Quero aprender em nela observar
Quero com fartura seus frutos colher.

E depois de separar os seus grãos
E novamente torná-los a plantar
Ó Deus, abençoe minhas mãos
Ó Deus, o que Tu me destes vou multiplicar.

Na seca, manda a chuva temporã!
E que eu não me esqueça
De louvar-Te
Pelo orvalho da manhã

Se há uma coisa que me anima
É saber que a todos tu estima
Das vivas árvores
Os mortos galhos
Ensina-me a podar
Todos aqueles que são falhos.

Quero saber o solo arar
E o que usar para o adubar
Vou afastar delas os parasitas
Fortifica-me na hora da fadiga.

Que esta vinha, O Senhor a abençoe!
E através dela
O Senhor me aperfeiçoe.

Ó Pai, faz de mim
Um bom agricultor
Das vidas

Que o Senhor é o Autor.

Magnífico Mestre JESUS - de Marcelo Gesta


Magnífico Mestre JESUS
de Marcelo Gesta
(Nova Friburgo, 01/07/93)

Magnífico Mestre Jesus
Que esta minha oração
Do meu espírito
Seja a respiração.
Compreendes os teus
Os quais amas
Atende ó DEUS
A minha voz que clama!
Por nós Tu deste
Preciosa Sua vida
Na angústia sabemos
Que em ti temos guarida.
Para que não seja apenas emoção
Arrependimento em mim produz!
E sempre eu venha
Alcançar o Teu perdão.
Teu poder e Tua bênção
Eu quero ter
Para sempre minha vida
Em Ti vai ver
Seu querer e tua ação
É que vou ser
E entre lutas minha ida
Há de fazer
Um testemunho e uma canção
Para o Teu prazer.
Querido Pai e amado Senhor
Adorado Adonai,
Soberano é este amor
Minha alma vai sempre
Destilar á Ti louvor.
Magnífico Mestre Jesus
Que esta minha oração
Do meu espírito
Seja a respiração!